jul 09

Iniciando um programa de atividades físicas

fitnessUma das melhores coisas que você pode fazer para sua saúde é iniciar um programa regular de condicionamento físico.

Sabe-se que a atividade física ajuda na prevenção e no tratamento dos fatores de risco para doenças cardiovasculares, entre elas as doenças coronárias. Além disso, muitos outros benefícios podem ser adquiridos com a prática de exercícios físicos regulares como; melhoraria do equilíbrio e coordenação, controle do peso corporal, melhoria da capacidade funcional, fortalecimento muscular e ósseo e até mesmo aumento da autoestima.

Todos estes benefícios são acessíveis a todos, independente da idade, do sexo e da capacidade física inicial. Continue reading

jul 08

Aeróbio em jejum

aerobicsO emagrecimento é sem dúvida um dos principais objetivos das pessoas que iniciam a pratica regular de exercícios físicos. Mesmo os que não estão obesos ou com sobrepeso por vezes recorrem a alguma estratégia para eliminar gordura e ficar com o corpo “trincado”, “definido”, “sarado”, “rasgado”, etc.

Uma das estratégias mais polêmicas é o chamado aeróbio em jejum (AEJ), também conhecido pelo termo “aerobiose”. Basta ver a enxurrada de tags que inundou as redes sociais, com pessoas postando as mais diversas imagens realizando e incentivando essa prática.
Continue reading

jun 28

Dinamometria lombar (tração lombar)

O teste de dinamometria lombar é um teste que mede a capacidade de tração da musculatura lombar. A dinamometria lombar geralmente é utilizada em exames médicos, exames funcionais e ocupacionais, exames militares, avaliações físicas em escolas, clubes, academias, avaliação de desenvolvimento físico, avaliação de recuperação motora, sendo aplicada a indivíduos em estado normal de saúde, em processo reabilitação, ou de treinamento desportivo.

Equipamentos necessários

Dinamômetro lombar (dorsal), cronômetro.

Público alvo

Ideal para indivíduos adultos de ambos os sexos.

Procedimentos

Para a realização do teste de tração lombar, o avaliado deverá se posicionar em pé sobre a plataforma do dinamômetro com os joelhos completamente estendidos. O tronco ficará flexionado à frente formando um ângulo de aproximadamente 120º. O avaliado deverá posicionar a cabeça no prolongamento do tronco com o olhar fixado à frente e os braços estendidos.

O cabo do dinamômetro deverá ser ajustado de acordo com o tamanho do avaliado, de modo que ele possa segurar a barra de apoio mantendo a posição descrita anteriormente. A barra de apoio deverá estar posicionada próxima à altura do joelho do avaliado. A empunhadura de uma das mãos deverá ser dorsal e a outra palmar, tendo uma distância entre elas igual ao diâmetro bitrocantérico.

Coloca-se o ponteiro na posição zero da escala do dinamômetro e o avaliado deverá aplicar a maior força possível no movimento de extensão da coluna, utilizando os músculos da região lombar, fazendo com que a coluna fique na posição ereta.

Durante este movimento as pernas e os braços deverão permanecer estendidos, evitando que o avaliado realize qualquer tipo de movimento adicional com os membros inferiores e superiores. Continue reading

jun 28

Teste avalia desempenho anaeróbio em atletas de ginástica

ginasticaartisticaNa Escola de Educação Física e Esportes (EEFE) da USP, pesquisadores validaram um teste destinado a aferir o desempenho físico anaeróbio em atletas de Ginástica Aeróbica Esportiva, modalidade que ainda não é olímpica, mas que tem praticantes em todo o mundo. Denominado Specific Aerobic Gymnast Anaerobic Test (SAGAT), o teste é inédito na modalidade.

“Agora temos uma ferramenta que possibilita aferir o desempenho dos atletas com maior precisão de forma rápida e segura”, descreve Christiano Robles Rodrigues Alves, doutorando do Departamento de Biodinâmica do Movimento do Corpo Humano da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP. A validação do teste foi um trabalho conjunto entre Christiano e o profissional de Educação Física Marcello Tadeu Caetano Borelli, sob a supervisão do professor Guilherme Artioli, da EEFE. Continue reading

jun 28

10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Atividade Física

melhoranutricionalidosoConheça os benefícios da realização de exercícios no 10 Coisas que Você Precisa Saber Sobre Atividades Físicas. Lembrando que o sedentarismo é uma das principais causas dedoenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis.

Confira, então, as 10 coisas que você precisa saber sobre atividade física:

  1. A prática de exercícios, de intensidade moderada, durante meia hora por dia é suficiente para que o cidadão deixe de ser sedentário. Estes trinta minutos podem ser contínuos ou divididos em três períodos de 10 minutos cada.
  2. Quando se fala em exercícios, o mais importante é que você pratique alguma atividade que se adapte ao seu estilo de vida e que seja do seu agrado. Caso contrário, são muitas as chances de interrupções.
  3. Pequenas modificações no hábito diário – como subir escadas, saltar do ônibus um ponto antes, passear com cachorro, varrer, cuidar do jardim, lavar o carro, etc. – podem ajudá-lo a movimentar mais e servir como um estímulo para o início de uma atividade física diária.
  4. Os efeitos benéficos da atividade física ocorrem para as pessoas que se exercitam com regularidade. Aqueles com IMC entre 25 e 30 (sobrepeso), nestas condições, podem ter um risco menor de desenvolver diabetes e outras doenças metabólicas do que os sedentários.
  5. De acordo com o United States Departament of Health and Human Services, é importante os adultos pratiquem duas horas de atividades anaeróbicas (musculação localizada), por semana, além dos 30 minutos de caminhada intensa por dia. Nos casos de pessoas com diabetes, hipertensão, obesidade e pessoas com problemas no metabolismo ósseo, por exemplo, é preciso ter um cuidado especial na escolha dos exercícios a praticar. Nestes casos, é imprescindível o acompanhamento de um profissional.
  6. 1 minuto de atividade física intensa é compatível com 2 minutos de atividade moderada. Caminhada em ritmo acelerado, hidroginástica, passeio de bicicleta e jogo de tênis em dupla são alguns dos exemplos para atividade moderada. Já a corrida, a natação, o basquete e a corrida de bicicleta são consideradas intensas.
  7. Durante a prática de um exercício físico é possível que haja uma redução na taxa de glicose da pessoa. O indicado, principalmente para pessoas com diabetes, é que carreguem consigo algum tipo de carboidrato de rápida absorção.
  8. As atividades físicas melhoram a sensação de bem-estar, diminuem a ansiedade e a probabilidade de depressão, por liberarem a serotonina (hormônio conhecido como “molécula da felicidade”).
  9. Dentre os benefícios da prática de exercícios estão: a diminuição do apetite, a melhora do humor, a perda de gordura (emagrecimento), o enrijecimento dos músculos, a melhora da imunidade e o retardo do envelhecimento.
  10. Em uma recente pesquisa feita pelo Overseas Development Institute, na Grã Bretanha, mostrou que o número de adultos obesos cresceu quatro vezes nos últimos 30 anos, em países em desenvolvimento, ou seja, são mais de 1 bilhão de pessoas acima do peso.

Texto: Flavia Garcia


Referências: Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde, Programa Agita Mundo e o Departamento de Saúde, Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica e Serviços Humanos dos Estados Unidos.

Fonte: www.endocrino.org.br

jun 23

Estudo liga caminhada à menor pressão arterial em 24 horas

exercício e saudeA capacidade de caminhada em pacientes com doença arterial periférica tem uma relação inversa com a pressão arterial ambulatorial: aqueles que caminharam mais durante uma avaliação realizada na Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP apresentaram melhor resposta da pressão arterial ao longo de um período de 24 horas. Os dados são de um estudo realizado pelo educador físico Aluísio de Andrade Lima.

A pesquisa foi realizada com um grupo de 73 pacientes, de ambos os sexos, com doença arterial periférica e idade média de cerca de 63 anos. Os participantes foram recrutados na Divisão Vascular do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Continue reading

jun 13

Treino combinado atenua obesidade

treino combinadoDoze semanas de treinamento, sem intervenção nutricional, ajudaram a reduzir a gordura corporal

A combinação de treinamento com pesos e treinamento aeróbio, conhecido como treinamento combinado ou treinamento concorrente (TC), pode ser uma boa alternativa para adolescentes com excesso de peso. Foi o que apontou estudo de doutorado de Wendell Arthur Lopes defendido na Faculdade de Educação Física (FEF).

Doze semanas de treinamento, sem intervenção nutricional, ajudaram a reduzir a gordura corporal, aumentar a massa livre de gordura e melhorar a resistência à insulina e o estado inflamatório crônico de baixo grau.

O trabalho, orientado pela docente da FEF Cláudia Regina Cavaglieri, foi feito com um público feminino: 48 adolescentes que estudavam no Colégio da Polícia Militar (CPM), uma escola pública de Curitiba, Paraná. A iniciativa envolveu parceria entre a FEF da Unicamp e o Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Continue reading

mai 29

Atividade física e tabagismo

cigarroapagueA Organização Mundial da Saúde aponta o tabagismo como a principal causa de morte evitável do mundo e o tabagismo passivo como a terceira causa, ficando atrás somente do alcoolismo (World Health Organization; 2008; INCA, 2009).

Os números que cercam o tabagismo e a indústria tabagista são impressionantes: 1,5 bilhões de indivíduos, maiores de 15 anos, são tabagistas, que consomem mais de 7 trilhões e 30 bilhões de cigarros anualmente, o que equivale a 200.000 quilos de nicotina diária (Rosemberg, 2002; Banco Mundial, 1999; Clinical Practice Guideline Treating Tobacco Use and Dependence 2008), que causam impactos ambientais e socioeconômicos monstruosos (Ministério da Saúde 2004). Continue reading

mai 26

Treinamento de musculação para idosos

old-man-exercisingBenefícios do treinamento resistido para os idosos

O treinamento de musculação (treinamento resistido) a longo prazo, quando adequadamente prescrito, pode trazer diversos benefícios para a saúde dos idosos. Dentre estes benefícios incluem-se melhorias na força, na resistência muscular e no aumento da massa muscular, o que se traduz em melhorias na capacidade funcional.

A prática de exercícios físicos melhora também a qualidade do sono, função cognitiva  e memória de curto prazo, diminui o grau de depressão, reduz  ou atrasa o aparecimento de demência, reduz risco de câncer  de cólon, mama, próstata e reto. Além disso, o treinamento resistido causa melhoria da densidade mineral óssea combatendo os efeitos da osteoporose, diminui o aparecimento de fraturas de fêmur e vértebras.

Os eventos resultantes do treinamento de musculação que levam a hipertrofia em idosos ainda não são bem compreendidos na literatura. Acredita-se que há um envolvimento maior no recrutamento de células satélites para apoiar a hipertrofia. A força relativa à massa muscular também aumenta em idosos, possivelmente por uma série de razões, incluindo aumento da capacidade de ativação neural das unidades motoras e aumento da disponibilidade de fosfato de alta energia. O treinamento resistido em idosos também aumenta a potência, reduz a dificuldade de realizar tarefas diárias, aumenta o gasto energético, melhora a composição corporal e promove sua melhor participação em atividades físicas espontâneas. Continue reading

mai 26

Consumo de determinados alimentos pode desencadear dores de cabeça

dor de cabeçaDados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que a cefaleia, termo científico para dor de cabeça – toda dor localizada acima de uma linha imaginária que liga o olho à orelha –, acomete cerca de 90% da população mundial.

Dois tipos são mais os comuns: a cefaleia tensional, provocada, principalmente, por momentos de tensão e ansiedade. E a enxaqueca, que tem como fatores relacionados o estresse, a insônia e a ingestão de substâncias presentes em determinados alimentos, como os defumados e o molho shoyu. Continue reading