Benefícios da Bicicleta

benficios-da-bike-dentroPara quem quer emagrecer e melhorar o condicionamento físico, mas sente que a caminhada não é assim, tão motivadora, uma boa opção é pedalar. Dentro ou fora das academias, o exercício feito em bicicletas pode resultar numa série de benefícios, como aumento da capacidade cardiorrespiratória e redução do peso corporal. A prática está entre uma das melhores para prevenir e tratar hipertensão, infarto do miocárdio e colesterol alto, entre outras doenças.

Em uma hora de pedaladas é possível perder entre 300 e 500 calorias. “O consumo vai depender da carga e velocidade.

Portadores de cardiopatias, diabéticos e hipertensos se beneficiam mais do exercício quando ele é praticado no fim da tarde. O mais importante, contudo, é manter um horário fixo, para que o organismo se adapte melhor. Pessoas cardíacas devem consultar um médico para verificar se podem exercitar-se sem riscos.

No ciclismo, assim como na natação, existe a vantagem da eliminação do efeito do peso corporal, mas é fundamental que o exercício seja constante. Se o objetivo é emagrecer ou conseguir condicionamento, as pedaladas não podem ser em ritmo de passeio.

Para andar nas ruas, aliás, é preciso encontrar um espaço adequado, evitando paradas de semáforos, por exemplo, que podem prejudicar a qualidade do exercício, já que quebram a continuidade.

No mais, na rua ou na academia, é preciso adotar uma série de cuidados com relação ao equipamento. Ele deve ser ajustado às condições corporais de cada pessoa para que o exercício seja bem feito e não cause problemas.

Efeito das pedaladas

Os exercícios feitos na bicicleta ajudam a melhorar a capacidade cardiorrespiratória e reduzem o peso corporal. Trabalham principalmente músculos inferiores, da coxa, glúteo e panturrilha. Dependendo da intensidade, é possível fortalecer, enrijecer e diminuir o percentual de gordura.

Ajuste seu equipamento

  • A altura do selim deve ser regulada para que, quando a perna estiver na posição mais distante, o joelho ainda esteja levemente flexionado.
  • A altura do selim deve estar alinhada com a ponta do canote do guidão.
  • A distância entre o selim e o guidão deve ser a soma do antebraço mais a mão estendida, de forma que o cotovelo fique encostado na ponta do selim e o dedo na ponta do canote.

Cuidados básicos

  • É fundamental levantar-se do banco a cada 5 ou 10 minutos. Estudos mostram que a falta de circulação pode ocasionar problemas circulatórios e neurológicos.
  • As roupas devem ser adequadas à prática de exercício. Existem bermudas especiais, acolchoadas. Os bancos de gel também são uma opção para evitar, por exemplo, lesões no períneo. Ambos diminuem impactos na região pubiana.
  • Um instrumento importante é o relógio, que vai medir a duração da sessão da pedalada.
  • O ideal é fazer alongamentos durante 10 minutos antes e depois da atividade física.
  • A qualquer sinal de dores, câimbras,  falta de ar, cansaço extremo, é recomendado parar. Depois, procure um médico.

Alimentação e hidratação

  • Nenhum exercício deve ser feito em jejum. O correto é fazer lanches leves, pelo menos uma hora antes, à base de carboidratos.
  • Para uma boa hidratação, o ideal é ingerir 300 mililitros de água uma hora antes do exercício e 100 mililitros a cada 15 minutos de atividade. Isotônicos devem ser usados por quem pratica mais de uma hora de exercícios.

Proteção

  • Para quem vai fazer o exercício fora da academia, proteção contra os efeitos nocivos dos raios solares é fundamental. Para os olhos, use óculos escuros com proteção UVA e UVB. Para a pele, não dispense um bom filtro solar. Evite os horários de sol forte.

“Em um passeio de cerca de 40 minutos, três vezes por semana, já é possível dar adeus a diversos problemas decorrentes do sedentarismo”

“Para os que desejam emagrecer, é necessário associar a atividade a uma alimentação equilibrada”

Seis benefícios da bicicleta

1 – Trabalha os membros inferiores

“Andar de bicicleta trabalha os grandes grupos musculares das pernas e ainda estimula a contração do abdômen, pois a atividade exige uma postura ereta do usuário”, , pedalar é um exercício aeróbico e de resistência muscular, o que melhora o condicionamento físico do praticante.

2 – Funciona como meio de transporte

A bicicleta já foi amplamente utilizada como meio de transporte, mas mudanças culturais fizeram com que ela passasse a ser vista apenas como um instrumento de lazer ou de ciclista profissional. “A maior parte das pessoas pedala apenas no fim de semana, como se andar de bike fosse somente uma atividade de entretenimento

Outra grande razão que desestimula o uso da bike como meio de transporte é a falta de infra-estrutura e educação de grande parte dos motoristas.

3 – Melhora a frequência cardíaca

A intensidade de um exercício é controlada pela intensidade do batimento cardíaco de quem o pratica. Desse modo, é possível fortalecer o coração com um passeio de bicicleta, já que esta é uma atividade aeróbica.

4 – Oferece baixo impacto

Quando caminhamos ou corremos, todo nosso peso é jogado sobre as pernas, o que pode forçar as articulações dos membros inferiores. Sentado, entretanto, você distribui melhor a sua massa e não sobrecarrega nenhuma parte do corpo. “Por isso, a bicicleta é recomendada para quem está começando a fazer exercícios ou está acima do peso”.

5 – Tem baixo custo de manutenção

é possível comprar uma bicicleta de boa qualidade por cerca de seiscentos reais. Apesar do susto desse investimento inicial, a manutenção do instrumento é baixíssima. “Com apenas 50 reais por mês, é possível deixá-la sempre pronta para uso”, são pequenos os reparos que devem ser feitos e grande parte deles pode ser realizado pelo próprio usuário, pois não exigem grande conhecimento sobre o assunto. Os maiores gastos ocorrem quando é necessária a troca de pneus ou uma revisão geral, o que ocorre apenas uma vez por ano.

6 – Promove a sensação de liberdade e independência

Imagine poder tomar rotas alternativas, passar em meio aos carros e ainda não afetar de maneira alguma o meio ambiente. Essa é a sensação de quem anda de bicicleta. “Em cima dela, é possível observar melhor tudo o que acontece a sua volta e você ainda foge do estresse de quem está preso no trânsito”, os melhores locais para andar de bicicleta são os de terreno plano e arborizado.

 

Fonte: www.sampabikers.com.br

logo sampa bikers

 

Créditos:

EducaçãoFísica.org agradece o Sampa Bikers pela permissão da reprodução do texto “Benefícios da Bicicleta”.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *