Aug 09

Exercício intenso versus exercício moderado, perfil lipídico e níveis de adiponectina

13898784-illustration-of-an-overweight-boy-exercisingA adiponectina é um hormônio proteico que modula vários processos metabólicos que inclui a regulação glicêmica e o catabolismo lipídico. É secretada pelo tecido adiposo e seus níveis plasmáticos estão inversamente relacionados com o percentual de gordura corporal. Baixas concentrações de adiponectina estão diretamente associadas ao desenvolvimento de doenças relacionadas à obesidade.

Alguns estudos relacionam sua concentração de forma inversa com patologias como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares. Um decréscimo nos níveis plasmáticos de adiponectina tem sido relacionado diretamente com a presença da resistência à insulina. Além disso, a adiponectina apresenta um efeito protetor para o organismo apresentando um efeito anti-inflamatório.

Outros estudos porém relatam que não existem evidências consistentes de que as intervenções destinadas a aumentar os níveis de adiponectina vai melhorar a sensibilidade à insulina ou risco de diabetes tipo 2.

Continue reading