Jun 20

Exercício e Emagrecimento: mitos e verdades

O verão chegou! O calor vai aumentando e a preocupação com o corpo também. Aqueles quilinhos extras adquiridos no inverno precisam ser eliminados a qualquer custo! É como já sabemos, a alimentação balanceada e a prática de exercício físico são as principais maneira de se atingir este objetivo de uma maneira saudável.


Com relação à atividade física, uma das questões que atormenta os freqüentadores dos “templos da malhação” e alguns profissionais da área da saúde, como os profissionais da Educação Física e da Nutrição, é o estabelecimento da intensidade ideal do exercício para o controle do peso corporal.

A construção dos mitos em torno desta questão é sustentada por 3 alicerces, o primeiro seria a dificuldade no entendimento dos sistemas de transferência de energia no organismo, o segundo seria a interpretação equivocada de alguns resultados de pesquisas científicas e o terceiro é o empirismo que norteia a prática da atividade física.

Continue reading

Jun 20

Mídia influencia satisfação corporal e dieta

ÍndiceUm estudo com 159 estudantes universitários aponta que o padrão de beleza veiculado pela mídia pode causar insatisfação com o próprio corpo entre os jovens brasileiros. A pesquisa foi realizada no Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, pela nutricionista Maria Fernanda Laus. O padrão também pode influir na escolha de alimentos considerados saudáveis.

A nutricionista explica que estudos do mesmo tipo realizados em outros países já haviam relacionado “distúrbios da imagem corporal, mais precisamente a insatisfação, com exposição de imagens idealizadas pela mídia”. Assim, ela verificou essa relação em uma amostra da população brasileira. De acordo com Maria Fernanda, a literatura especializada sugere que a “insatisfação com o próprio corpo é resultado de uma discrepância entre a aparência autopercebida e a silhueta considerada ideal pela pessoa”. Por meio da comparação, as pessoas avaliam “de que forma seus próprios corpos se adequam ao modelo que lhes é transmitido pela mídia”. Continue reading

Jun 20

Perda de peso inadequada traz risco de transtorno alimentar

emagremusculacaoNa Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, pesquisa com 1.167 adolescentes da cidade de São Paulo verificou que 12,2% apresentam comportamentos de risco para transtornos alimentares e 31,9% apresentaram algum tipo de prática não saudável para controle do peso. As práticas de dieta restritiva aumentaram a chance de apresentar comportamentos de risco para transtornos alimentares 17,26 vezes no sexo masculino, e em 12,82 no sexo feminino. A nutricionista Greisse Viero da Silva Leal, autora do trabalho, recomenda que os pais e os adolescentes saibam reconhecer precocemente as atitudes que podem desencadear transtornos alimentares na busca de sua prevenção.

Foram avaliados adolescentes, com idade média de 16 anos (de 14 a 19 anos), estudantes do ensino médio de 12 Escolas Técnicas do Centro Paula Souza, no município de São Paulo. “Os jovens foram selecionados por meio de sorteio de uma sala de aula de cada ano do ensino médio em cada escola”, diz Greisse. Continue reading

Jun 08

Piruvato

Em 2004 foi publicada matéria em uma revista de grande circulação nacional com o seguinte titulo: “Pílulas naturais para emagrecer”. Foram citadas várias substancias, entre elas estava o piruvato de cálcio que, segundo a revista “pode ser extraída de frutas e legumes e quando tomada em pequenas doses diárias ajuda a emagrecer e ficar forte”. Para justificar a eficiência do piruvato, os responsáveis pela entrevista citaram um estudo feito no Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, o qual chegou a conclusão que essa substância estimula a queima de gordura corporal. Continue reading

Nov 28

Chá verde e emagrecimento

O chá é segunda bebida mais consumida do mundo, ficando atrás apenas da água (1). O chá verde, produto obtido através das folhas frescas da erva Camellia sinensis, recentemente tem recebido muita atenção em decorrência das suas possíveis propriedades terapêuticas e de prevenção de doenças. Na verdade existem relatos que desde 2700 a.C. o legendário imperador chinês Shen Nung já havia atribuído ao chá verde propriedades desintoxicantes, e anos mais tarde, já na dinastia Tang (618-907 d.C.) o farmacêutico Chen Zang destacou uma série de benefícios promovidos pelo consumo do chá verde (2). Continue reading

Oct 28

Adoçantes, adiposidade e distúrbios metabólicos

adoçantesAdoçantes e ganho de peso

A obesidade é uma epidemia global, e a busca pelo emagrecimento, por motivos estéticos ou de saúde, é uma preocupação comum na sociedade moderna. Assim, várias estratégias nutricionais tem sido adotadas a fim de evitar o ganho de gordura, uma delas é o uso de adoçantes dietéticos (AD) não-calóricos, uma vez que o açúcar é um importante responsável na adipogênese. Porém, há evidências de que populações que buscam o uso dos AD engordam cada vez mais (YANG, 2010).

Confirmando isso, modelos experimentais mostram que o uso de adoçantes induz ganho de peso e redução da saciedade (SWITHERS E DAVIDSON, 2008; SWITHERS et al., 2013). No caso do uso do aspartame ou sacarina sódica, com o mesmo consumo calórico, esse ganho pode ser superior ao induzido pelo consumo do próprio açúcar (FEIJÓ et al., 2013). Em outro trabalho, ratos expostos aos adoçantes ganharam peso mesmo sem alterar o consumo calórico (POLYÁK et al., 2010). E o mais grave é que esse ganho de gordura que pode ocorrer pela exposição ao sabor doce pode continuar mesmo após a interrupção do consumo de adoçantes (SWITHERS et al., 2009). Continue reading

Jul 27

Brasileiros são campeões mundiais no consumo de remédios para emagrecer

Pesquisa divulgada pela Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que os brasileiros são os maiores consumidores do mundo de drogas para emagrecimento. O estudo aponta que são nove doses diárias para cada mil habitantes do nosso país. Nos Estados Unidos, segundo colocado nesse triste ranking, são 7,7 doses. Já os nossos vizinhos argentinos, que ocupam a terceira colocação, ingerem 6,7 doses diárias para cada mil pessoas.

Tanto os argentinos, quanto os estadunidenses, já consumiram muito mais remédios para redução de peso, só que com campanhas de conscientização, reduziram esses índices alarmantes, caindo algumas posições na lista das nações que mais consomem esse tipo de medicamento. Segundo epidemiologistas, o mesmo deveria ser feito no Brasil, que agora passa a ser o maior consumidor mundial de anfetaminas, a substância mais comum entre os medicamentos para emagrecer, que só pode ser comercializada com receita médica. É bom lembrar que ansiedade, depressão e psicose, são alguns dos sintomas mais comuns nos usuários crônicos desses tipos de substâncias farmacológicas.

Texto: Cassiano Sampaio

Fonte: Saúde em Movimento

May 30

A verdade sobre aeróbios e emagrecimento

“Para reduzir a gordura corporal são necessários exercícios aeróbios de baixa intensidade e longa duração”.

Certamente você ouviu esta frase milhares de vezes, porém eu posso lhe garantir que esta é uma das maiores mentiras da nossa história, sendo propagada devido à desinformação, falta de interesse, interpretação equivocada e ausência de senso crítico de alguns profissionais.

A balela de qualidade de vida é outro argumento infundado até mesmo do ponto de visto psicológico, que é onde muitos pseudocientistas tem se refugiado. É incompreensível como uma atividade ineficiente que consuma grande parte de seu tempo disponível possa melhorar a vida de alguém. Não seria preferível elaborar um treinamento eficiente com uma baixa necessidade de tempo e proporcionar mais tempo para se usar com a família, lendo um livro, vendo um filme ou simplesmente descansando? Continue reading