Feb 12

Pesquisa da FMUSP constata ganhos à saúde, em idosas, derivados da prática de exercícios

Exercícios físicos regulares e a pratica de esportes de alta intensidade são fatores que melhoram a qualidade de vida e diminuem os sintomas de depressão entre mulheres com mais de 60 anos. É isso que indica um estudo feito por pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP).

A iniciativa da pesquisa surgiu da “discussão sobre a prática de exercícios de alta performace em mulheres idosas e suas possíveis repercussões sobre a qualidade de vida em seus múltiplos aspectos”, garante um dos responsáveis pelo estudo, Luiz Eugênio Garcez-Leme. Segundo ele, essa faixa etária foi utilizada pelo fato de as mulheres com mais de 60 anos serem parte da atenção específica da geriatria, e também por ser um grupo que pratica poucos exercícios, ainda mais como o que foi avaliado. Continue reading

Jun 29

Exercícios físicos aeróbicos reduzem inflamações agudas, conclui pesquisa

Estudo interdisciplinar mostra que atividades físicas podem diminuir em até 30% as manifestações

O exercício físico aeróbico pode diminuir em até 30% as manifestações inflamatórias agudas. Testes feitos em ratos constataram que a atividade física constitui uma importante aliada no controle da reação inflamatória. “O exercício físico mostrou-se um antiinflamatório natural, que atua nas doenças crônicas e, sabemos agora, também nas situações agudas”, afirma um dos autores da pesquisa, o cirurgião torácico Ricardo Kalaf.

Nesse contexto, a descoberta abre o leque para os efeitos positivos em situações de inflamações manifestadas por agressão física, química, alérgica ou microbiana, assim como reafirma a importância da prática regular de exercícios. Continue reading

Jun 28

Percepção de Esforço

Introdução

O ser humano é psico-somático, isto é, fatores psico-sociais, medo, ansiedade e personalidade podem afetar as respostas somáticas, portanto, a International Organization for Standardization (1981) recomenda que sejam observados tanto dados objetivos (quantitativos) quanto subjetivos (perceptivos) para melhorar a eficiência da prescrição e prática de atividades físicas. Muitos julgamentos qualitativos podem, através de expressões verbais, ter utilidade ao se avaliar a intensidade durante o exercício. Para isso, faz-se necessário determinar um método capaz de regular a qualidade e a magnitude do esforço de maneira adequada a diversos tipos de treinamento e pessoas. O conceito de percepção subjetiva de esforço (PSE) originou-se a partir de um estudo piloto realizado por BORG & DAHLSTRÖM há mais de cinco décadas. Em 1966, Borg constatou, através de uma escala, que a tensão fisiológica aumenta de forma linear com a intensidade e a percepção do esforço. Continue reading

Jan 12

Medidas e Avaliações dos Exercícios Físicos

Medir genericamente significa estabelecer ou designar um valor a algo físico. Este valor é estabelecido por meio da comparação com instrumentos numéricos; ou melhor, instrumentos de medida. Os instrumentos de medida são pré-determinados, e visam registrar os resultados alcançados, e estabelecer a relação numérica, por meio da comparação entre os resultados com aqueles contidos no próprio instrumento. Balanças, fitas métricas e cronômetros são exemplos de instrumentos de medida. Continue reading