Nov 28

Efeitos da obesidade na capacidade funcional

obesityovarianA obesidade constitui um fator agravante na redução da qualidade de vida. Esta redução muitas vezes está associada à menor capacidade funcional das pessoas obesas.

Um estudo recente avaliou a relação entre o IMC e a capacidade funcional em mulheres.

Neste estudo participaram 36 mulheres com um IMC ≥ 30 kg/m2 e 10 mulheres com peso normal (IMC entre 18 kg/m2 e 25 kg/m2). O grupo composto por mulheres obesas foi subdividido da seguinte forma: 12 mulheres com um IMC ≥ 30 e <35 (obesidade), 14 mulheres com IMC ≥ 35 e <40 (obesidade grave) e 10 mulheres com um IMC ≥ 40kg/m² (obesidade mórbida).

Todas elas foram submetidas a exames clínicos e a testes específicos que avaliaram a capacidade funcional: teste de marcha, teste de resistência aeróbica (teste de caminhada de 6 minutos), teste de potência de membros inferiores (sentar e levantar) e teste de equilíbrio. Continue reading

Mar 19

Problemas de joelhos em mulheres – causas e recomendações

O priagachamentoejoelhomeiro estudo que publiquei na vida foi sobre mulheres (Pulcinelli and Gentil, 2002) e, desde então, trabalhei bastante com elas, tratando doenças, preparando para competições internacionais ou simplesmente ajudando a melhorar o visual. Além disso, grande parte das minhas pesquisas recentes são dedicas a elas, inclusive as que acontecem nesse momento. E como consequência, vamos aprendendo e entendendo algumas diferenças importantes, fatores que devemos levar em conta na hora de planejarmos nossos treinos, e uma delas é com relação aos joelhos. Continue reading

Feb 27

Obesidade e gravidez

A gravidez é um momento especial, não apenas para uma, mas para duas vidas. Nessa fase, o estado nutricional da mãe tem relação direta com a sua saúde e também com a do seu bebê, tanto na vida intra-uterina como no futuro. Carências de nutrientes, especialmente ferro, ácido fólico, cálcio e vitaminas são comuns nessa fase. Quando uma grávida aumenta muito de peso, é a saúde da dupla mãe-filho que entra em perigo.

Cada caso deve ser individualizado, porém é clássico o conceito de que uma futura mamãe não deve engordar muito mais que doze quilos no seu período gestacional. Na gestante, o excesso de peso aumenta os riscos de diabetes, hipertensão, pré-eclâmpsia além de inúmeras outras complicações obstétricas. A obesidade, bem como gravidez na adolescência e o fumo são fatores de risco que podem ser prevenidos com planejamento familiar e um acompanhamento pré-natal bem feito. Costumamos dizer que a prevenção da obesidade infantil começa ainda na vida intra-uterina. Continue reading

Jan 22

Bexiga hiperativa tem relação com depressão e ansiedade, revela tese

Um estudo recente da Unicamp associa a Síndrome da Bexiga Hiperativa, doença caracterizada pela urgência miccional, a quadros de depressão e ansiedade. Desenvolvido exclusivamente em mulheres, a pesquisa apontou que, de um total de 274 participantes, 59,8% (163 mulheres) tinham depressão grave ou moderada e 62,4% (211 mulheres) apresentaram sinais de ansiedade grave e moderada.

A pesquisa foi desenvolvida junto a mulheres com sintomas de bexiga hiperativa, mas sem diagnóstico prévio de depressão e ansiedade. Para a autora do trabalho, a terapeuta sexual Iane Glauce Ribeiro Melotti, os resultados apontam para a necessidade de uma abordagem integral para a saúde das mulheres. Continue reading

Mar 07

8 de Março – Dia Internacional da Mulher

dia da mulherHistória do 8 de março

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU.

Objetivo da Data 

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Fonte: www.suapesquisa.com

O EducaçãoFísica.org parabeniza todas as mulheres pelo seu dia!

Jun 19

Etiologia da Anorexia Nervosa

Introdução

A anorexia nervosa é um transtorno alimentar, cujo quadro psiquiátrico atinge principalmente adolescentes e adultos jovens do sexo feminino, levando a grandes prejuízos biopsicossociais, com elevada morbidade e mortalidade. Cerca de 95% dos casos de transtornos alimentares são resgistrados em mulheres e a prevalência de anorexia nervosa gira em torno de 2 a 5% em mulheres adolescentes e adultas jovens.

A anorexia nervosa se caracteriza por uma intensa perda de peso corporal à custa de dietas rígidas auto-impostas em busca descontrolada da magreza, uma distorção grotesca da imagem corporal e alterações do ciclo menstrual, inclusive amenorréia. A anorexia nervosa tem uma etiologia multifatorial, ou seja, é determinada por diversos fatores que interagem entre si de modo complexo, pra produzir e muitas vezes, perpertuar a doença. Fatores genéticos, psicológicos, sociais, culturais, nutricionais, neuroquímicos e hormonais atuam como predisponentes, desencadeantes ou precipitantes e mantenedores da doença. Continue reading

Jan 25

Bochecha vermelha pode ser sinal de doença

Quarosaceando submetidas a situações constrangedoras, algumas pessoas costumam ficar com as bochechas rosadas, evidenciando seu estado emocional. Entretanto, o rosto vermelho pode significar mais do que uma circunstância passageira de mudança de humor. Se o rubor também aparecer facilmente por outros estímulos, com ingestão de determinados alimentos e mudanças de temperatura, pode ser sinal de uma doença mais grave, conhecida por rosácea.

A rosácea é uma doença crônica mais comum em adultos, principalmente em mulheres entre 30 e 60 anos de idade que possuem atividade vascular aumentada. Além disso, as pessoas acometidas pela enfermidade costumam ter a pele da face mais sensível. Continue reading

Jan 18

Exercícios resistidos podem diminuir o risco de desenvolvimento de diabetes em mulheres

musculacionepesoEstá bem evidente na literatura que a atividade física aeróbia pode reduzir o risco de diabetes tipo 2. Porém ainda não está claro se as atividades de fortalecimento muscular também são capazes de contribuir para a prevenção de tal doença.

Um recente estudo examinou a relação de atividades de fortalecimento muscular com o risco de diabetes tipo 2 em mulheres. Continue reading

Nov 07

Atividade física, distúrbios hipertensivos e diabetes na gestação

exercicioparagestanteOs principais distúrbios hipertensivos na gestação são: pré-eclâmpsia, que consiste em elevados níveis pressóricos associados à proteinúria ou edema patológico; hipertensão arterial induzida pela gravidez (aumento do nível pressórico após a 20ª semana de gestação) e hipertensão arterial crônica (a gestante já era hipertensa antes de engravidar) (Ferrão, 2006).

Esses distúrbios são relativamente comuns e afetam 3-9% das gestantes em todo mundo. No Brasil esse índice é um pouco maior, podendo atingir 6-17% (Oliveira et al., 2006). Os principais fatores de risco são: obesidade pré-gestacional, extremos de idade materna, histórico familiar, raça negra, gravidez múltipla e diabetes (Roberts et al., 2011; Mudd et al., 2013). Continue reading

Oct 10

Atividade física para diferentes grupos populacionais

9qualidadesdaefBenefícios da atividade física para crianças e adolescentes, mulheres, idosos ativos e indivíduos com incapacidades.

Crianças e adolescentes

O exercício físico regular fornece aos jovens inúmeros benefícios (físicos, mentais e sociais) para a saúde.

Os estudos mostram que:

  • Nos adolescentes, quanto mais participarem em atividades físicas, menor será a probabilidade de se tornarem fumantes;
  • Nas crianças que são mais ativas fisicamente verifica-se um melhor desempenho escolar;
  • Os jogos de equipe promovem de forma positiva a integração social e facilitam o desenvolvimento das capacidades sociais dos adolescentes. Continue reading