Apr 08

Estratégia de corrida influencia na performance dos atletas

estrategiacorridaEm provas de fundo no Atletismo, os corredores que adotaram a estratégia da saída lenta obtiveram melhores tempos e apresentaram menores valores de frequência cardíaca e percepção subjetiva de esforço nos trechos analisados. Isso foi comprovado pela pesquisa realizada na Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP pelo mestre em Educação Física na área de Estudos do Esporte, Marcelo da Silva Pacheco.

O estudo teve como objetivo explicar como a utilização de diferentes estratégias de prova poderiam influenciar ou não o desempenho de atletas especialistas em corrida de 5.000 metros em pistas de atletismo. Os resultados poderiam auxiliar atletas, técnicos e preparadores físicos, tendo em vista a melhora da performance dos corredores. Continue reading

Mar 14

Alongamentos prejudicam o desempenho durante os treinamentos

alongaAlongamentos são os exercícios físicos utilizados para aumentar o comprimento das estruturas constituídas de tecidos moles e, consequentemente aumentar a flexibilidade.

O alongamento antes do treinamento físico é uma prática comum entre atletas e praticantes de atividades físicas. De fato, o que vemos na maioria das academias são alunos que antes dos treinamentos, realizam suas sessões de alongamentos no espaldar orientados ou não por seus treinadores.

O American College of Sports Medicine (ACSM), tradicionalmente recomendava que as sessões de exercícios deveriam conter um período de aquecimento de cerca de 10 minutos de duração, durante os quais atividades leves deveriam preceder alongamentos estáticos dos grandes grupos musculares. No entanto, o ACSM reconhece agora que existe uma evidência crescente de que o alongamento é prejudicial para o desempenho. Na verdade, suas últimas diretrizes sugerem que o exercício de pré-aquecimento precisa consistir apenas de exercício cardiovasculares. Continue reading

Jun 28

Substâncias ergogênicas porquê?

Muitos atletas pretendem melhorar o seu rendimento desportivo para além do treino, através da utilização de determinadas substâncias consideradas milagrosas. Muitas delas incluídas nas substâncias dopantes e são proibidas no meio desportivo; outras não têm qualquer efeito extraordinário, e seu uso é supérfluo…

Substâncias ergogênicas são aquelas que os atletas procuram utilizar com vista à melhoria do seu rendimento desportivo, independentemente do seu treino, e incluem agentes farmacológicos e alguns nutrientes. Existem ainda técnicas consideradas ergogênicas como as mecânicas ou psicológicas, que ultrapassam o âmbito deste artigo. Continue reading

Jun 26

Relação sexual e performance

disfuncaoeretilA famosa “concentração” é uma prática bem antiga que persiste até hoje. Dentre seus objetivos está o de manter o atleta longe do sexo no(s) dia(s) anterior(es) à competição. A favor dela estão os conservadores e contra estão, obviamente, os(as) atletas e respectivos(as) companheiros(as). É muito comum ouvirmos em noticiários que determinado jogador fugiu da “concentração” e causou transtornos para o time, ou que a atividade sexual do atleta foi a culpada pelo mal resultado na competição. Além do detrimento à performance também é muito comentado que a relação sexual prejudicaria a concentração e diminuiria os níveis de testosteronas, prejudicando, nesse caso, o processo de hipertrofia. Continue reading

Jun 08

Piruvato

Em 2004 foi publicada matéria em uma revista de grande circulação nacional com o seguinte titulo: “Pílulas naturais para emagrecer”. Foram citadas várias substancias, entre elas estava o piruvato de cálcio que, segundo a revista “pode ser extraída de frutas e legumes e quando tomada em pequenas doses diárias ajuda a emagrecer e ficar forte”. Para justificar a eficiência do piruvato, os responsáveis pela entrevista citaram um estudo feito no Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, o qual chegou a conclusão que essa substância estimula a queima de gordura corporal. Continue reading

Aug 27

As influências da auto-confiança na performance dos atletas

Análise deve ser feita dentro de uma abordagem multidimensional, com aspectos cognitivos, sociais e fisiológicos

A auto-confiança pode ser definida como a convicção que um atleta precisa ter para executar determinados comportamentos e alcançar com sucesso uma tarefa. A auto-confiança não se refere à habilidade do atleta em si, mas à avaliação que o atleta tem de sua própria habilidade, ou seja, na confiança que ele tem em sua capacidade para lidar com as necessidades do esporte. Esta auto-avaliação pode levar a comportamentos adaptados ou desadaptados. Continue reading

Jul 29

Os efeitos da altitude na performance do atleta

As diferenças que existem quando um jogador atua numa determinada condição de ar mais rarefeito

Jogar futebol em altitudes elevadas pode ser prejudicial à performance do atleta. Mas, segundo fisiologistas, a partir de uma determinada altura, não há mais tanta diferença para o corpo a rarefação do ar.

Apresentamos a seguir os diferentes efeitos para o corpo humano se aclimatar às diferentes condições de altitude em que se disputa uma partida de futebol. Leia a seguir:
Continue reading