Aug 15

Treinamento com medicine ball

med-ball-chest=pass-02122011Recentemente muitos novos produtos têm ajudado a adicionar novas possibilidades ao treinamento nas academias, no treinamento desportivo e na reabilitação. O medicine ball é um destes produtos. Constitui-se numa bola pesada que serve para realizar exercícios físicos condicionantes e terapêuticos.

Há relatos bastante antigos do uso terapêutico do medicine ball, quase 2 mil anos atrás. Por volta de 1800, o exército norte americano utilizava o medicine ball para condicionar fisicamente seus soldados. Na Europa, na década de 1920 utilizava-se o medicine ball para a reabilitação da função muscular em pacientes idosos. Alguns anos depois, em meados de 1930, o medicine ball tornou-se mais popular nos Estados Unidos, quando o médico da Casa Branca,  Joel Boone inventou um jogo usando o medicine ball para manter o presidente Edgar Hoover fisicamente ativo. O jogo chamado de Hoover Ball  era jogado com equipes de dois a quatro jogadores. O objetivo era jogar o medicine ball por cima de uma rede, semelhante ao voleibol atual.

Apesar de muito antigo, ainda é pouco difundido aqui no Brasil; mas aos poucos está aparecendo com bastante força no mercado. A ascensão do treinamento funcional no mercado fitness tem proporcionado ainda mais sua divulgação. Com novas tecnologias, os medicine balls atuais se tornaram mais versáteis para o uso por parte dos profissionais da saúde.

Treinamentos com medicine ball representam um meio eficaz para a melhoria da força muscular, resistência e capacidade funcional. É um treinamento que pode ser aplicado a qualquer pessoa, desde iniciantes em academias para fins de condicionamento físico e estética e até mesmo por atletas avançados que buscam objetivos específicos em suas preparações esportivas. Continue reading

Aug 08

Perspectivas atuais sobre CROSSFIT

crossfitIntrodução

Para os que ainda não conhecem o CROSSFIT, considerado hoje o “esporte do fitness”, se trata de um programa de condicionamento não tradicional que visa à melhora das capacidades físicas para as mais diversas tarefas.

Segundo seu criador o treinador Greg Glassman, a metodologia fundamentada em cima de 3 (três) pilares (variação, intensidade e funcionalidade) é assumidamente empírica e baseada na sua própria vivência e interpretação de resultados no meio prático. Continue reading