Valores de referências para o percentual de gordura corporal

jornadanoturnaeobesidadeQual seria o percentual de gordura corporal adequado? O quanto é considerado excesso de gordura?

Estes questionamentos são um pressuposto de que o percentual de gordura corporal é uma variável importante para a análise da estética, da funcionalidade e do risco de mortalidade.

A classificação do estado de saúde de acordo com a quantidade de gordura corporal sempre foi um assunto em evidência. Presume-se que os riscos para a saúde iniciam-se nos limites superiores de gordura corporal acumulada.

Limites empiricamente identificados muitas vezes são utilizados para estabelecer diretrizes de percentuais de gordura ideais. Existem várias referências na literatura para diferentes populações e muitas destas diretrizes apresentam grandes limitações, seja pelo fato das características específicas das populações estudadas não condizerem com as características de outras populações ou seja pelos métodos nos quais estas diretrizes foram estabelecidas.

Muitas vezes, métodos de precisão limitada, como a antropometria são normalmente utilizados para estimar os percentuais de gordura nos inquéritos às populações.

Tritschler (2003) cita um estudo no qual Lohman et al. (1997) relata suas referências para o percentual de gordura corporal. (Tabela 1).

Tabela 1 – Classificação da gordura corporal para adultos fisicamente ativos

Idade (anos) 19-24 25-29 30-34 35-39 40-44 45-49 50-59 60 +
Classificação

Homens

Mínimo 5% 5% 5% 7% 7% 7% 9% 9%
Máximo 14,8% 16,5% 18,0% 19,4% 20,5% 21,5% 22,7% 23,5%

                               Mulheres

Mínimo 12% 12% 12% 12% 16% 20% 20% 20%
Máximo 21,9% 22,4% 22,7% 23,7% 25,4% 27,2% 30,0% 30,8%

Fonte: Lohman et al. (1997)

Esta tabela refere-se ao percentual de gordura corporal para homens e mulheres ativos. Segundo os autores, o percentual de gordura corporal pode ser um pouco mais alto para os padrões de saúde em geral e para os adultos menos ativos. De fato, uma segunda tabela de referência pode ser retirada deste estudo.

Tabela 2 – Classificação da gordura corporal segundo Lohman et al (1997) adaptado por Tristschler (2003)

Classificação Não recomendado Inferior Central Superior Obesidade
 Homens                            % de gordura corporal
Adultos jovens < 8 8 13 22  > 22
Homens de meia idade < 10 10 18 25  > 25
Idosos < 10 10 16 23  > 23
 Mulheres
Adultas jovens < 20 20 28 35  > 35
Mulheres de meia idade < 25 25 32 38  > 38
Idosas < 25 25 30 35  > 35

     Fonte: Tristschler (2003)

Um segundo estudo (Gallagher et al, 2000), abordou diferentes populações em 3 diferentes países e tomou como base a relação entre o percentual de gordura corporal e o índice de massa corporal (IMC em kg/m²).

A gordura corporal foi mensurada em indivíduos de três diferentes grupos étnicos (brancos, negros e asiático) que foram selecionados e avaliados nas universidades de Cambridge (Reino Unido), Columbia (Estados Unidos), e Jikei (Japão) com o uso de referência da composição corporal pelos métodos do modelo dos 4 compartimentos (4C – massa gorda, proteína, conteúdo mineral e residual – água e minerais) considerando o conteúdo hídrico corporal total e de raio-x de dupla varredura (DEXA).

A amostra foi composta por 1.626 adultos com IMC ≤ 35, de ambos os gêneros (Tabela 3).

Tabela 3: Amostra por local, sexo e etnia.

Local

Etnia

Estados Unidos

Japão

Reino Unido

Total

Mulheres

Negros

155

0

0

155

Asiáticos

0

633

0

633

Brancos

127

0

98

225

Subtotal

282

633

98

1013

Homens

Negros

99

0

0

99

Asiáticos

0

322

0

322

Brancos

94

0

98

192

Subtotal

193

322

98

613

Total

475

955

196

1626

 Fonte: Gallagher et al, (2000)

Neste estudo, os valores de percentuais de gordura corporal foram desenvolvidos com base no IMC de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA (National Institutes of Health) e da Organização Mundial de Saúde. Nele foram estabelecidos os seguintes valores para os diferentes grupos étnicos estudados:

Tabela 4 – Valores estabelecidos para o percentual de gordura para diferentes grupos étnicos.

Mulheres Homens
Idade e IMC Negras Asiáticas Brancas Negros Asiáticos Brancos

% de gordura corporal

 20-39   anos
IMC <18,5 20 25 21 8 13 8
IMC ≥ 25 32 35 33 20 23 21
IMC ≥ 30 38 40 39 26 28 26
 40-59
 anos
IMC <18,5 21 25 23 9 13 11
IMC ≥ 25 34 36 35 22 24 23
IMC ≥ 30 39 41 41 27 29 29
 60-79
 anos
IMC <18,5 23 26 25 11 14 13
IMC ≥ 25 35 36 38 23 24 25
IMC ≥ 30 41 41 43 29 29 31

Fonte: Gallagher et al, (2000)

Houveram correlações altamente significativas entre os valores encontrados para o percentual de gordura corporal através de DEXA e de 4C para homens e mulheres, tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos. O resultados encontrados para os percentuais de gordura corporal entre negros e brancos não apresentaram diferenças significativas, desta forma, uma tabela única para a população ocidental adulta, consolidando as duas etnias (negros e brancos) também é apresentada pelos autores:

Tabela 5 – Valores estabelecidos para o percentual de gordura de homens e mulheres ocidentais (brancos e negros).

Sexo e IMC 20-39 anos 40-59 anos 60-79 anos

                    % de gordura corporal

Mulheres

IMC <18,5 21 23 24
IMC ≥ 25 33 34 36
IMC ≥ 30 39 40 42

Homens

IMC <18,5 8 11 13
IMC ≥ 25 20 22 25
IMC ≥ 30 25 28 30

Fonte: Gallagher et al, (2000)

Em contraste, os valores encontrados para asiáticos previram um percentual de gordura corporal diferente dos que foram encontrados para os negros e os brancos (Tabela 6).

Tabela 6 – Valores estabelecidos para o percentual de gordura para a população asiática.

Sexo e IMC 20-39 anos 40-59 anos 60-79 anos

                    % de gordura corporal

Mulheres

IMC <18,5 25 25 25
IMC ≥ 25 35 35 36
IMC ≥ 30 40 41 41

Homens

IMC <18,5 13 13 14
IMC ≥ 25 23 24 24
IMC ≥ 30 28 29 29

Fonte: Gallagher et al, (2000)

A partir do que é apresentado neste estudo, podemos criar uma referência do que é ideal para o percentual de gordura para indivíduos adultos (ocidentais).

Tabela 7 – Valores recomendados de percentual de gordura corporal de acordo com o IMC

percentil de gordura idealAdaptado de Gallagher et al, (2000)

O interessante é que este estudo vincula os valores do percentual de gordura corporal em adultos com as atuais diretrizes de peso corporal para a saúde. Importante também que foram utilizados dois métodos diferentes para a medição de gordura corporal. Mesmo não sendo o foco deste estudo o estabelecimento de intervalos de gordura corporal ideais, ele nos dá informações importantes para a exploração de diferentes meios e métodos pelos quais nossas orientações poderão ser baseadas.

Referências:

Gallagher, D; Heymsfield, SB; Heo, M; Jebb, SA; Murgatroyd, PR; Sakamoto, Y. Healthy percentage body fat ranges: An approach for developing guidelines based on body mass index. The American journal of clinical nutrition. 2000; 72 (3): 694–701

Lohman TG, Houtkooper LB, Going SB. Body fat measurement goes high-tech (Not all are created equal). ACSM Health Fitness J. 1997;1:30–35

Tritschler K. Medida e Avaliação em Educação Física e Esportes: de Barrow & McGee. Barueri-SP: Manole; 2003.

 

Autor: Luciano Carlos Fernandes
Professor de Educação Física – CREF 6 / MG – 4812 G
Especialista em Treinamento Desportivo – UFV
Editor do www.educacaofisica.org

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *